ANALISANDO A NOTÍCIA: RÁDIO COMUNITÁRIA NÃO CONSEGUE PROVAR SERVIÇO VOLUNTÁRIO E TERÁ QUE PAGAR VERBAS A LOCUTOR

👉 Uma rádio comunitária do interior do Mato Grosso não conseguiu comprovar a alegação de que um locutor exercia trabalho voluntário.

👉 O trabalho voluntário é regido por lei própria e exige que seja feito um termo por escrito entre o empregador e o empregado.

👉 No caso dos autos, a empresa não realizou esse termo, por essa razão, foi caracterizado o vínculo de emprego.

👉 E foi através das mensagens de WhatsApp juntadas no processo que o autor conseguiu provar que a empresa atrasava seu salário de forma reiterada, chegou a atrasar por 3 meses, o que resultou na decisão do juiz pela rescisão indireta do contrato de trabalho.

⏯Assista ao vídeo para entender melhor sobre o assunto.

🔗 Leia também a notícia completa no TRT-23:

https://portal.trt23.jus.br/portal/noticias/r%C3%A1dio-comunit%C3%A1ria-n%C3%A3o-consegue-provar-servi%C3%A7o-volunt%C3%A1rio-e-ter%C3%A1-de-pagar-verbas-locutor

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp